Se até aqui nos ajudou o Senhor...

08/03/2021

Nossa geração nunca viveu tanto medo generalizado como estamos vivendo em 2020/2021. Sempre ouvimos falar ou vivemos catástrofes: terremotos, furacões, tragédias, acidentes, que vitimaram centenas e milhares de pessoas. Porém, desta vez, o medo e o terror não estão localizados num país ou numa cidade, mas atormentam a todos do Planeta.

A pergunta que sempre surge nestes momentos, e talvez agora mais do que nunca, é: onde está Deus diante deste sofrimento todo?

Uma das histórias mais fascinantes da Bíblia, na opinião deste autor, é aquela contada no Livro de Êxodo, ou seja, o próprio êxodo - a libertação do povo de Israel da condição de escravos no Egito. A história tem um enredo magnífico, que começa pelo nascimento e crescimento de Moisés dentro do palácio, aprendendo todo o conhecimento avançado daquele povo, em engenharia, política, organização, cultura e costumes da realeza faraônica. Depois, expulso ao deserto, é chamado por Deus a fim de livrar o povo de Israel em livre convencimento do faraó.

O contexto histórico deste período mostra o quanto era delicada a missão dada por Deus a Moisés. O faraó não tinha qualquer razão para libertar os escravos gratuitamente, pois os egípcios tinham em suas mãos milhares de homens e mulheres trabalhando sem nada receber a fim de erguer os grandes monumentos egípcios.

A promessa da libertação era antiga e ultrapassava gerações de Israel. O povo nascia, trabalhava na escravidão e morria ouvindo falar que um dia Deus os libertaria. Parecia algo distante, quase invisível aos olhos daqueles que tomavam chicotadas diárias sonhando com a libertação.

Mas, a história é conhecida, e depois de muita teimosia, diante de várias demonstrações do poder de Deus, Faraó finalmente liberta o povo, que agarra tudo e todos e sai cantando glórias a Deus, pois o inacreditável aconteceu.

A liberdade sonhada por tantas gerações finalmente seria vivida por aqueles que saíam dos portões do Egito rumo à Terra Prometida. Tudo detalhadamente arquitetado por Deus, desde o nascimento de Moisés até a manifestação de poder através das pragas do Egito. Deus havia demonstrado estar com o povo.

Deus é perfeito nas Suas promessas, não é? Se ler esta história nos traz fé, imagina vive-la como viveu o povo, indo para a Terra Prometida como nem eles mais acreditavam.

Porém, a frágil fé humana pode ser desmoronada do dia para a noite quando não exercitada com cuidado.

A Bíblia conta que horas depois da saída do Povo, Faraó se arrependeu libertação e se lançou com a força máxima do exército encontra-los. O objetivo era claro diante da raiva do Rei: não queria busca-los, mas sim mata-los.

O povo, ao ver o grande exército Egípcio no horizonte fez aquilo que nós fazemos hoje: perdeu rapidamente a memória daquilo que Deus havia feito até o presente momento.

- Por que você nos trouxe para morrermos aqui no deserto, Moisés? Veja só o que você fez, nos tirando do Egito! - diziam aqueles que há poucas horas cantavam glórias a Deus pela sonhada libertação.

Como pode?! Deus acabara de dar ao povo aquilo que parecia impossível: a liberdade. Agora, poucas horas depois, pensava o povo que Deus lhe havia abandonado ao ponto de morrer no deserto desejando voltar à escravidão.

Reflita: você acredita que Deus é inteligente? Você acredita que Deus sabe fazer as coisas "bem feitas"? Obviamente, acreditamos que sim. Afinal, Deus é onipotente!

Entretanto, nosso subconsciente faz nossa fé desmoronar em duas sutis atitudes:

1) Esquecemos de que Deus está no controle;
2) Esquecemos de que Deus estando no controle sabe fazer bem feito!

Ler a história do Êxodo em 2021 sempre nos faz pensar: "eu não faria o que fez o povo". Mas, infelizmente, nós caímos nesta cilada ainda hoje. Deus realiza milagres diários em nossa vida. Certamente, você sabe o quanto Deus já fez por sua vida, por sua família, as bênçãos, cuidado e proteção. Mas basta um pequeno medo que esquecemos de tudo isto.

Aprenda!
1) Deus está no controle;
2) Deus sabe fazer bem feito!

Na minha humana imaginação, penso que Deus deve ter olhado o povo reclamar diante do Mar Vermelho e pensou: "ainda não confiam em Mim!"

O plano estava TODO arquitetado. O maior milagre da Bíblia aconteceria diante dos olhos do povo, mesmo que não merecesse. O Mar abriu e o milagre foi completo. Sabe por quê? Deus não faz "milagres pela metade", tampouco existe "meia benção".

O exercício que devemos fazer todos os dias é listar as bençãos de Deus em nossa vida, lembrando de que Ele é Todo Poderoso, e se nos ajudou até aqui, continuará nos ajudando até a Volta de Jesus.

Se Deus está sempre no controle e sabe fazer o milagre completo, com o que devo me preocupar então?

Preocupe-se apenas em acreditar nEle! Acreditar no milagre completo. Lembre-se das bênçãos dadas até aqui, confiante que:
1) Deus está no controle;
2) Deus faz tudo bem feito!

Que Deus te abençoe e que nossa memória seja viva para lembrar de que ATÉ AQUI NOS AJUDOU O SENHOR, e continuará ajudando se nós permitirmos.

Autor Parceiro: Andrio dos Santos

Esta mensagem abençoou o seu dia? Você sentiu Deus falar ao seu coração? Certamente, muitas outras revelações a Bíblia lhe dará! Você aceita esse presente? Então, clique agora no botão abaixo: