O Céu reserva surpresas

27/03/2021

Disse o apóstolo Paulo, em 1 Coríntios 2:9: "Olho nenhum viu, ouvido nenhum ouviu, mente nenhuma imaginou o que Deus tem preparado para aqueles que O amam." Uau! Que versículo magnífico! Jesus prometeu lindas moradas (João 14:1-3), uma Terra renovada onde pecado não mais existirá e pecadores estarão totalmente remidos pelo sangue de Cristo.

A frase do apóstolo Paulo remete ao seguinte pensamento: Toda vez que você tentar imaginar coisas grandiosas, eternas e espetaculares desenhando o futuro lar com Deus em sua mente, pode calcular e recalcular as dimensões quantas vezes desejar, mas a Nova Jerusalém será um lar muito melhor do que a sua capacidade cognitiva consegue projetar, ainda que aquilo que você tenha imaginado seja muito bom. Na pátria celestial, cada dia será mais feliz que o anterior.

Lá veremos amigos e familiares que antes, brutalmente, haviam sido tragados pela morte. Assim como Cristo ressuscitou, também milhares e milhares de pessoas poderão ser ressuscitadas por Ele (João 5:29).

A Bíblia diz, em Apocalipse 20:12, que livros serão abertos no Céu e Deus fará algo lindo, que não precisava, mas como justo Juiz que é, assim procederá. Ele dará aos salvos o direito de conferir a trajetória da vida humana desde o primeiro até o último ser humano e também a de Satanás e dos anjos que com ele caíram do Céu. Assim, todos saberão, de acordo com as decisões tomadas, o porquê de uns estarem salvos e outros não.

Hoje, o papel de julgar o mundo é totalmente de Deus, mas no milênio, Ele dará aos escolhidos o direito de participar e de conhecer mais de perto Sua gloriosa justiça.

Jesus comparou a morte a um sono (João 11:11-14) e o apóstolo Paulo disse que o processo entre esse sono e a ressurreição acontecerá em um abrir e fechar de olhos (1 Coríntios 15:52). Para ficar mais claro, o sono diário serve de ilustração: você pode dormir 8h por noite e, se não tiver a ajuda de um relógio, não perceberá o tempo que passou ao despertar pela manhã. Essa mesma imperceptibilidade se dará àqueles que morreram a cinco, dez, cem ou mil anos atrás.

E, com relação a isso, a Bíblia expõe pelo menos duas histórias que revelam algumas das surpresas que os filhos de Deus terão.

Imagine Urias, soldado fiel a Deus e leal ao povo de Israel. Este camarada foi traído por sua esposa Batseba, que deitou-se com o rei Davi a quem Urias respeitava. O soldado recebeu a ordem de ir à guerra na posição de linha de frente. Mal sabia ele que isso havia sido planejado pelo rei Davi para que seu pecado de adultério fosse de alguma maneira acobertado e "esquecido". Urias morreu pleiteando com bravura enquanto o exército inteiro recuou deixando-o sozinho. Davi e Batseba tiveram filhos, um deles, seu sucessor, chamava-se Salomão.

Ninguém pode camuflar um erro diante dos olhos de Deus. Por isso, o Senhor enviou o profeta Natã para repreender Davi e orientá-lo a se arrepender de seus pecados e foi dessa maneira que Davi agiu. O que recebe um pecador arrependido que os confessa sinceramente ao Senhor? Ah, o maravilhoso perdão de Deus! (2 Samuel 12:9-13). Tamanho foi o arrependimento de Davi e propósito de retornar aos caminhos do Criador, que Deus era com ele e o chamou de homem segundo o Seu coração (Atos 13:22).

Urias estará no Céu. Davi também. Haverá júbilo e não vingança, porque ambos receberão a mesma recompensa por meio da vitória de Cristo. Ambos, pecadores, foram perdoados e remidos pelo sacrifício do Salvador.

Outra história incrível que resultará em grande surpresa é a de Saulo e Estevão. Eles estiveram em cena juntos. Saulo, o perseguidor de cristãos, consentiu com a morte do primeiro mártir: Estevão era o nome dele. Este foi assassinado por apedrejamento.

No entanto, certo tempo depois, a caminho de Damasco, Saulo teve um encontro com Jesus, e caiu do cavalo, literalmente, mas também intelectualmente, pois decidiu deixar sua autoridade de lado para viver sob à ordem de Cristo. Ficou cego por três dias, se arrependeu do modo como havia agido para com os cristãos e entregou sua vida completamente ao Salvador. DEle, recebeu um novo nome: Paulo.

Haverá reencontro entre esses dois personagens e, no céu, estarão do mesmo lado: o de Cristo. Esta linda surpresa está reservada para Estevão. Ele não viu a conversão de Saulo, mas após a ressurreição dos justos se encontrará com o apóstolo que poderá contar-lhe todos os detalhes de sua nova vida com Jesus e as missões que realizou na Terra ao pregar o evangelho a todo custo. Antes, inimigos. No céu, eternos amigos.

Neste momento, as palavras de um grande amigo que já descansa no Senhor ecoam em minha mente. Adelmo dos Santos dizia: "A maior surpresa que terei no Céu será o fato de eu estar lá."  Repetia isso com um sorriso no rosto sempre seguido de um olhar repleto de emoção, porque entendia que estar no Céu se tornará algo totalmente possível por meio da justificação em Cristo.

Quer descobrir mais surpresas? Então, arrume as "malas da fé" e prepare-se, porque o seu Salvador está voltando para levá-lo à eternidade.

Autor: Lucas Scherer

Esta mensagem abençoou o seu dia? Você sentiu Deus falar ao seu coração? Certamente, muitas outras revelações a Bíblia lhe dará! Você aceita esse presente? Então, clique agora no botão abaixo: