Má língua

27/02/2021

Lashon Hará (em hebraico לשון הרע ), significa língua má, ou língua maledicente. É um termo judaico para 'fofoca', 'calúnia' ou mesmo difamação contra alguém.

Participar de conversas maledicentes provoca inimizade e afastamento. A calúnia e a injúria podem voltar de uma pessoa contra a outra, e semear a suspeita onde antes havia amizade e companheirismo.

Quem foi o originador? Tanto no céu (Isaias 14) como na terra, Satanás originou este tipo de comportamento. Gênesis nos diz que a cobra caluniou Deus a Eva quando a convenceu de comer da Árvore do Conhecimento: "Ele te proíbe que comas porque teme que sejas igual que Ele". Foram essas palavras que causaram a queda da raça humana e resultaram em prejuízos catastróficos nos relacionamentos, desmanchando amizades e famílias inteiras.

Por que a língua má ou fofoca é uma falha tão séria? Prestemos atenção aos conselhos e advertências bíblicas:

- "Estas seis coisas o Senhor odeia, e a sétima a sua alma abomina: Olhos altivos, língua mentirosa, e mãos que derramam sangue inocente" (Pv. 6:16,17).

- "Há alguns cujas palavras são como pontas de espada, mas a língua dos sábios é saúde" (Pv. 12:18).

- "A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto" (Pv 18:21).

- "O que guarda a sua boca e a sua língua, guarda das angústias a sua alma" (Pv. 21:23).

- "O que guarda a sua boca e a sua língua, guarda das angústias a sua alma" (Pv 21:23).

- "Na multidão de palavras não falta pecado, mas o que modera os seus lábios é sábio" (Pv 10:19).

É possível parar este pecado tão desprezável?
"Shmuel Hanagid, poeta judeu espanhol que viveu no século 11, era o primeiro ministro de Granada. Certa vez, ele foi duramente insultado, na presença do rei, por alguém que o odiava. O rei, completamente furioso com o atrevimento daquele homem, que ousou ofender e difamar o primeiro ministro diante do próprio rei, ordenou que Shmuel Hanaguid castigasse duramente o ofensor cortando fora sua língua. Porém, contrariando as ordens do rei, Shmuel Hanaguid não cortou a língua daquele que o ofendeu e passou a tratá-lo com a máxima bondade. Quando o rei escutou que suas ordens não haviam sido cumpridas, e que Shmuel Hanaguid tratava bem seu ofensor, o rei voltou sua fúria contra seu primeiro ministro, acusando-o de desacato à autoridade e exigindo uma explicação. Shmuel Hanaguid, sem perder a calma, deu uma bela resposta ao rei: - Não entendo sua raiva, Majestade. Você me acusa de não ter cumprido sua ordem, mas eu cumpri. Você me pediu que eu cortasse a língua ruim do meu inimigo, e foi isso o que eu fiz. A única diferença foi que eu substituí a língua ruim dele por uma língua gentil".

Sim é possível parar a língua! 

1. Suplique a Deus para, diariamente, transformar seu coração e sua língua.

2. Não fale negativamente sobre outra pessoa, mesmo se for verdadeiro.

3. Não escute fofocas. Afaste-se daquelas com muito cuidado.

4. Não acredite em tudo o que escuta. A verdade sempre tem três lados.

5. Não isole a pessoa que está passando pelo julgamento.

Se alguém falhou com você ou você tenha falhado com alguém, siga a regra de ouro (Mateus 7:12): perdoe e retome a amizade com cuidado. Devemos ser cuidadosos para evitar este pecado.

Autor Parceiro: Pr. Daniel Garay

Esta mensagem abençoou o seu dia? Você sentiu Deus falar ao seu coração? Certamente, muitas outras revelações a Bíblia lhe dará! Você aceita esse presente? Então, clique agora no botão abaixo: