Como entender Gálatas 6:7: "...de Deus não se zomba"?

03/03/2021

Versículo central: "Não vos enganeis: de Deus não se zomba; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará." - Pergunta enviada pelo estudante do curso bíblico e nosso irmão em Cristo: Thales Alencar Freitas Silva, Mauá, SP.

Temos visto muitas pessoas fazendo uso deste versículo para amedrontar a outras ao afirmar que Deus pesará Sua mão sobre elas.

Queridos, precisamos entender, em primeiro lugar, que o texto de Gálatas 6 inicia, em seu primeiro verso, com a seguinte frase: "IRMÃOS, se algum homem chegar a ser surpreendido nalguma ofensa, vós, que sois espirituais, encaminhai o tal com espírito de mansidão; olhando por ti mesmo, para que não sejas também tentado."

Que espírito de mansidão é esse que destaca primeiro a sentença dos ímpios e esquece de mencionar as inúmeras tentativas do Espírito Santo a fim de trazê-los para Deus? De fato, o Senhor é justo, e um dia dará fim a todo o mal. E, obviamente, quem estiver manchado, ou seja, não tiver lavado suas vestes no sangue do Cordeiro, terá o mesmo destino de seu senhor, isto é, Satanás, que será exterminado. Mas, a Bíblia reforça que o propósito do lago de fogo e enxofre não é receber os filhos de Deus, mas o inimigo e seus anjos, que provocaram tanta destruição (Mateus 25:41).

O destino que Jesus escolheu para você é o Céu. Por isso, morreu para lhe conceder vida em abundância. Você tem valor imensurável! Ele não deseja que você O siga por medo, mas por amor, obediência e fidelidade para com Ele. Você é livre para decidir que rumo quer tomar.

O texto começa dizendo que não devemos nos enganar. Claramente, sabemos que do coração do homem procedem muitos enganos, e tentar enganar a Deus é um grande erro, é algo impossível. Deus sabe de todas as coisas, e guia a todos quanto O buscam. Entretanto, a zombaria consiste não só em deboche, como muitos fazem e é horrível, porque apresenta que nível de rebeldia a criatura pode chegar contra o seu Criador, mas também em desprezo. Zombar de Deus é mostrar em suas atitudes que existem coisas mais valiosas para você do que Ele. É dedicar tempo para ídolos que você pode ter criado e nem dado conta. E, talvez você diga: "mas, eu não adoro a nenhum outro!" Então, pense em sua rotina. O que tem sido prioridade? Em que momento do seu dia a Bíblia é aberta, lida, relida e útil como lâmpada a guiar os seus passos? Existe algo que não permite esse encontro com a Palavra de Deus? Pode ser o trabalho maior que Deus? Redes sociais, futebol, filmes e séries tem ocupado Seu santo lugar? Perceba que aqui não está uma condenação, mas uma advertência: será se essas ou outras coisas tem tomado o tempo ou servido de argumento para não buscar ao Criador? O que pode competir com Ele?

Quem planta um pé de milho nunca colherá feijão dele! Da mesma forma, como pode alguém desejar a "colheita" de encontros profundos na eternidade com o Senhor se não tem dedicado tempo hoje para "semear" encontros diários em Sua Santa Presença?

Esta mensagem esclareceu suas dúvidas? Você sentiu Deus falar ao seu coração? Certamente, muitas outras revelações a Bíblia lhe dará! Você aceita esse presente? Então, clique agora no botão abaixo: