A bênção pode se tornar uma maldição?

25/03/2021

No atual cenário religioso, principalmente no Ocidente, prevalece a ideia de que bens materiais são o único sinal visível da bênção divina. Campanhas de prosperidade, pactos egoístas, promessas tentando "comprar" o favor de Deus, barganhas e muita corrupção envolvendo líderes de denominações, tudo isso tem sido comum no mundo cristão. Deus não é visto como o Doador de toda bênção, mas é apresentado e buscado por muitos apenas como um "papai noel", que distribui presentes a alguns poucos.

Nesta busca frenética pelos tesouros terrestres (Mateus 6:19,20), o homem se perdeu dos propósitos e do sentido da vida para o qual foi criado. Muitos dos que assim são abençoados se esquecem do Doador, e se tornam indiferentes, provocantes e dissolutos. Não procuram amenizar os sofrimentos do necessitado, vivem e gastam tudo somente em prazeres egoístas (1 Timóteo 6:17).

As bênçãos tantas vezes reclamadas, estão agora, longe do propósito divino, transformadas em maldições. Sim, estes que assim procedem terão de prestar contas ante o tribunal celeste (Eclesiastes 12:14). Essa classe não está fazendo a vontade do Pai do céu, e ouvirá a dura sentença: "Apartai- vós de Mim, vós que praticai a iniquidade" (Mateus 7:22)Quando todos os casos forem passados em revista diante de Deus, jamais se perguntará: "Qual tua religião?", mas "O que você fez? Foi um praticante da Palavra? Viveu para si? Foi uma benção para os outros?"

Queira Deus que a nossa vida não revele tamanho egoísmo e que sejamos dignos de receber a sentença: "Bem está, servo bom e fiel, possuí por herança o reino que vós está preparado desde a fundação do mundo" (Mateus 25:34)

Autor Parceiro: Rogerio Vieira

Esta mensagem esclareceu suas dúvidas? Você sentiu Deus falar ao seu coração? Certamente, muitas outras revelações a Bíblia lhe dará! Você aceita esse presente? Então, clique agora no botão abaixo: